Campeão mundial de xadrez morre ao fazer 'parkour' na Rússia

MOSCOU, 28 NOV (ANSA) - Considerado uma jovem promessa do xadrez, o russo Yuri Elissev, de 20 anos, faleceu após cair do 12º andar do prédio em que morava, em Moscou, enquanto praticava "parkour".   


Segundo o jornal britânico "Daily Mirror", o jovem morreu na noite do último sábado (26), quando tentava saltar entre as varandas do edifício. Criado na década de 1990, na França, o "parkour", cuja palavra significa "percurso" ou "arte do deslocamento", é um treino em que o atleta precisa ultrapassar obstáculos, como escalar muros, saltar entre edifícios e se equilibrar em corrimãos, sempre em ambientes urbanos.   


De acordo com a imprensa russa, Elissev era tido como um prodígio do xadrez. Em 2012, aos 16 anos de idade, ele se consagrou campeão mundial e ainda foi premiado pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, com a honraria de grande mestre.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos