Jogadores e técnicos lamentam demissão de Ranieiri

ROMA, 24 FEV (ANSA) - A demissão do técnico italiano Claudio Ranieira apenas nove meses depois de ter conquistado o histórico título da Premier League com o clube inglês Leicester City tem causado uma comoção entre jogadores, técnicos, torcedores e a imprensa britânica.   


O ídolo do clube Gary Lineker, atualmente comentarista, disse que chegou a "derramar uma lágrima por Claudio, pelo futebol e pelo meu clube". Em sua conta no Twitter, o ex-atacante ressaltou que a demissão é "inexplicável, imperdoável e repugnantemente triste".   


"Infelizmente, esta é a nossa profissão, mas ele ainda sai um vencedor, principalmente por estar fora da luta pelo rebaixamento e por ter conseguido um bom resultado contra o Sevilla na Liga dos Campeões", afirmou o técnico da Juventus, Massimiliano Allegri.   


Em sua conta no Instagram, o técnico do Manchester United, José Mourinho, fez uma homenagem para Ranieri. "Campeão da Inglaterra e treinador do ano pela Fifa. Despedido. É este o novo futebol, Claudio. Continue a sorrir amigo. Ninguém consegue apagar a história que você escreveu", escreveu ele.   


Até mesmo o nome mais cotado para suceder o italiano, Roberto Mancini, expressou sua indignação em uma publicação no Twitter.   


"Sinto muito pelo meu amigo Ranieiri. Permanecerá na história do Leicester, na memória dos fãs do Leicester e entre os amantes do futebol".   


Já nas principais publicações britânicas, o tom de indignação prevaleceu. "Os donos do Leicester foram cobras manifestando apoio a Ranieri", escreveu o jornal "Daily Mail". "Reinado de Ranieri termina de forma cruel e brutal", ressaltou o "The Guardian". Já o italiano "Gazetta dello Sport" afirmou que os ingleses são "ingratos".   


Nas redes sociais, diversos torcedores criticaram a atitude do clube que foi rebatida pelo presidente Vichai Srivaddhanaprabha, em sua conta no Instagram. "Esta foi a decisão mais difícil que tivemos que tomar. Mas estamos determinados a salvar os interesses de longo prazo do clube acima de qualquer sentimento pessoal, não importa o quão forte isso seja", escreveu.   


"Eu nunca vou decepcionar o clube. Sete anos do meu trabalho duro aqui, melhorando e melhorando o clube em todos os sentidos.   


Não é necessário falar de dinheiro. Como vocês podem ver. Todo dinheiro volta para ser investido em todos os lugares no clube.   


Aproveito esta oportunidade para dizer adeus a este Instagram.   


Vocês não vão mais me ver no Instagram como vocês desejam", encerrou Srivaddhanaprabha. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos