Cachorro de filme da Netflix ganha prêmio em Cannes

CANNES, 26 MAI (ANSA) - Apesar de não agradar ao presidente do júri do Festival Internacional de Cannes, Pedro Almodóvar, um filme da Netflix foi premiado nesta sexta-feira (26): o cachorro Bruno, do filme "The Meyerowitz Stories", recebeu a "Palme Dog".   


O prêmio alternativo foi criado em 2001, por Toby Rose, para premiar a melhor atuação canina - seja de um animal ou de uma animação - em um filme. Dessa vez, Bruno foi premiado por sua "atuação" com o cão da problemática família formada por Dustin Hoffman e Emma Thompson.   


Já o "Grand Jury" foi para o pastor alemão Lupo, do filme "Ava", de Lea Mysius, e o "The Dogmanitarian Award", que premia a melhor relação entre homens e animais, foi para Tchi Tchi, uma shitzu que pertence a Leslie Caron. A polêmica com a Netflix permeou a 70ª edição do festival, onde Almodóvar afirmou que seria um "paradoxo" a Palma de Ouro, o prêmio mais importante do evento, ir para um filme "que não é exibido nos cinemas". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos