Teerã sedia concurso de charges sobre Trump

SÃO PAULO, 4 JUL (ANSA) - Centenas de cartunistas de todo o mundo decidiram participar de um concurso de caricaturas e charges sobre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em Teerã, no Irã. A "Trumpism Exposition" reúne até o começo da próxima semana mais de 1,6 mil cartuns e desenhos críticos e debochados sobre o mandatário norte-americano na capital iraniana.   


A grande vencedora foi a obra do cartunista Hadi Asadi, que mostra o magnata nova-iorquino com um terno feito de notas de dólares, uma cara brava e seus cabelos pegando fogo se apoiando em uma pilha de livros. Pelo trabalho, Asadi ganhou o prêmio de US$ 1,5 mil. Outros trabalhos que chamam a atenção tratam de assuntos polêmicos relacionados a Trump, como o seu machismo, racismo e preconceito contra latinos, imigrantes, muçulmanos e refugiados.   


Em uma das charges, o presidente aparece puxando cordões de ouro da boca de sua esposa, Melania, para fazê-la sorrir, o que tem como objetivo mostrar o estado de distanciamento do casal presidencial. Em outro desenho, o mandatário aparece construindo um muro que acaba tendo a forma de uma suástica. A charge faz referência à promessa de Trump de construir um muro na fronteira sul dos Estados Unidos com o México. Em outros trabalhos, o líder norte-americano também é comparado com Adolf Hitler, fazendo a saudação nazista do ex-ditador ou pintando o bigode do alemão na Estátua da Liberdade. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos