Ex-governador do Rio Anthony Garotino é preso pela PF

SÃO PAULO, 22 NOV (ANSA) - Os ex-governadores do Rio de Janeiro Anthony (1999 a 2002) e Rosinha Garotinho (2003 a 2007) foram presos na manhã desta quarta-feira (22) pela Polícia Federal no âmbito da Operação Chequinho.   


A ex-líder foi presa na cidade de Campos dos Goytacazes e Garotinho foi detido na capital fluminense. Além disso, um ex-assessor do casal também foi detido. A PF ainda não deu detalhes sobre a operação.   


Essa não é a primeira vez que o ex-governador é preso. Em novembro do ano passado, Garotinho foi detido durante a mesma operação mas, por conta da necessidade de passar por uma cirurgia cardíaca, ele foi para o regime de prisão domiciliar. Já neste ano, ele foi preso há cerca de dois meses, a mando da Justiça Eleitoral por comandar um esquema de fraude eleitoral na época em que atuava como secretário de governo da cidade de Campos. A ordem foi revogada dias depois pelo Tribunal Superior Eleitoral. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos