Ronaldinho Gaúcho divulga mensagem sobre sua aposentadoria

SÃO PAULO, 18 JAN (ANSA) - Um dia depois da confirmação da aposentadoria de Ronaldinho Gaúcho, o agora ex-jogador de 37 anos se pronunciou nesta quinta-feira (18) pela primeira vez sobre o fim da carreira, ao postar um texto em suas redes sociais.   


Na mensagem, Ronaldinho Gaúcho agradeceu as diversas homenagens recebidas e disse estar realizado pelos seus 20 anos como jogador profissional.   


Sem jogar oficialmente desde 2015, o ídolo do Barcelona foi cogitado em algumas equipes, mas não voltou a assinar contrato com nenhum clube, participando apenas de jogos festivos.   


A última equipe pelo qual atuou foi o Fluminense, onde jogou somente nove partidas, sem marcar nenhum gol.   


Na carreira, Ronaldinho foi revelado pelo Grêmio e teve passagens por Paris Saint-Germain (PSG), Barcelona, Milan, Flamengo, Atlético Mineiro, Querétaro e Fluminense. O ex-jogador pendurou as chuteiras com mais de 15 títulos no currículo e outras diversas premiações individuais.   


Entre suas principais conquistas estão: uma Copa do Mundo, uma Liga dos Campeões, dois Campeonatos Espanhóis e outra Copa Libertadores da América.   


O anúncio da aposentadoria de Ronaldinho Gaúcho rendeu diversas homenagens pela gloriosa carreira do ex-atleta.   


Alguns de seus ex-companheiros de equipe postaram em suas redes sociais alguns textos homenageando Ronaldinho, como Samuel Eto'o, Patrick Kluivert, David Beckham, Clarence Seedorf e Andrea Pirlo.   


Outras homenagens vieram de clubes pelo qual atuou, como o Milan, PSG, Atlético Mineiro e Barcelona. As redes sociais de algumas ligas por onde jogou também deixaram suas mensagens.   


Confira a carta de Ronaldinho na íntegra: "Obrigado, senhor meu Deus, por esta vida que me deste, família, amigos e minha primeira profissão! Após quase três décadas dedicadas ao futebol, me despeço do meu maior sonho, sonho realizado! Fiz o que mais amei profissionalmente por 20 anos, e 10 como formação de base. Vivi intensamente este sonho de criança, cada instante, viagens, vitórias, derrotas, a resenha, hino nacional, a caminhada no túnel, vestiário, entrada em campo, as chuteiras que usei, as bolas boas e ruins, homenagens que ganhei, os craques que joguei, os que admirei e joguei e os que só joguei no play, mas admiro até hoje! Enfim, tudo foi incrível!" Meu pai e minha família me apoiaram muito pra chegar até aqui, foi um trabalho em equipe. Chegamos ao fim da primeira etapa com uma história bonita pra contar. Vocês me conhecem, e sabem bem que sou tímido e não tenho o costume de falar muito, mas tenho que dizer a vocês muito obrigado, de coração, de alma lavada, pois fiz o que amo com a ajuda de todos, treinadores, preparadores, comissões inteiras, dirigentes, torcida a favor e contra, o motorista do ônibus, o roupeiro, o gandula, o árbitro e a imprensa. Obrigado, construímos juntos esta história, sem vocês nada seria possível. No mês de março faremos um anúncio de como será esta despedida e os próximos passos. Por enquanto, aqui vai meu muito obrigado. Aquela frase famosa "gracias vieja" por ser a minha fonte de inspiração por tanto tempo e companheiros de muitas vitórias! Obrigado a todos pelas mensagens e carinho! Um abraço forte, fui muito feliz fazendo deste esporte a minha vida e profissão.", escreveu. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos