Jogador português é detido na Espanha por agressão e roubo

SÃO PAULO, 21 FEV (ANSA) - O jogador português Rúben Semedo, do Villarreal, foi detido pela polícia espanhola sob a acusação de roubo, porte ilegal de arma de fogo e agressão, informou nesta terça-feira (20) o jornal espanhol "Las Provincias".   


De acordo com a publicação, uma suposta vítima do atleta prestou queixa para as autoridades no dia 12 de fevereiro, mas a ordem de prisão do zagueiro de 23 anos foi expedida somente na última segunda-feira (19).   


A vítima revelou que foi amarrada, espancada e aprisionada dentro da casa de Semedo, em Bétera, enquanto o jogador e outros dois homens - um deles supostamente primo do atleta - invadiam sua casa para roubar dinheiro e objetos de valor.   


O denunciante apareceu para fazer a queixa cheio de hematomas pelo corpo e andando de muletas. Ainda segundo a vítima, um dos homens disparou uma arma para assustá-la.   


Desde que chegou ao futebol espanhol, o português já protagonizou diversos escândalos policiais. Primeiro, em outubro, se envolveu em uma briga de bar. Já em novembro, Semedo foi acusado de ter ameaçado um segurança de uma casa noturna com uma arma.   


Com 23 anos, o zagueiro foi revelado pelo Sporting Lisboa e tem passagens por Reus, da Espanha, e Vitória de Setúbal, de Portugal. Ele foi vendido para o Villarreal em junho passado, por 14 milhões de euros. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos