Aloysio Nunes inicia missão diplomática no Oriente Médio

  • Mateus Bonomi/Folhapress

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Aloysio Nunes, inicia nesta terça-feira (27) uma visita oficial ao Oriente Médio, que irá até 6 de março e incluirá Israel, Palestina, Jordânia e Líbano.  

A viagem acontece em meio ao clima de tensão na região por causa do reconhecimento de Jerusalém como capital israelense pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump - o Itamaraty não endossou a decisão e disse que o status da cidade deve ser definido em negociações.   

Em 27 e 28 de fevereiro, Nunes estará em Israel e deve ser recebido pelo primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e pelo presidente Reuven Rivlin. Além disso, o chanceler visitará um memorial às vítimas do Holocausto.   

Nos dois dias seguintes, o ministro passará pela Palestina, para reuniões com o presidente Mahmoud Abbas e com o primeiro-ministro Rami Hamdallah - o Brasil é um dos países que reconhecem o Estado palestino.   

Já em 4 de março, Nunes irá à Jordânia, onde verá o rei Abdullah 2º, antes de embarcar para o Líbano, onde terá encontros com o presidente Michel Aoun e o primeiro-ministro Saad Hariri. 

Segundo o Itamaraty, o objetivo da viagem é fortalecer o papel do Brasil como "parceiro privilegiado" dos países do Oriente Médio e reiterar seu apoio à "solução dos conflitos na região".   

Em 2014, Brasil e Israel protagonizaram uma crise após um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores israelense ter chamado o país sul-americano de "anão diplomático". A declaração foi uma resposta à convocação para consultas do embaixador brasileiro em Tel Aviv por causa da ofensiva contra o Hamas em Gaza. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos