Topo

COI decide hoje se Itália ou Suécia sediarão Jogos de 2026

2019-06-24T09:10:00

24/06/2019 09h10

LAUSANNE, 24 JUN (ANSA) - O Comitê Olímpico Internacional (COI) se reúne nesta segunda-feira (24), em Lausanne, na Suíça, para escolher a sede das Olimpíadas de Inverno de 2026, que é disputada entre as candidaturas conjuntas de Estocolmo e Are, na Suécia, e Milão e Cortina d'Ampezzo, na Itália.   


As duas campanhas já realizaram uma apresentação técnica de 30 minutos cada, seguida por uma sessão de questionamentos por parte dos membros do COI. Por volta de 15h (horário local), os primeiros-ministros da Itália, Giuseppe Conte, e da Suécia, Stefan Lofven, discursarão aos 82 delegados do comitê. O anúncio está previsto para 18h (13h em Brasília).   


"Os membros do COI ficaram contentes com o que dissemos, nos perguntaram sobre o legado dos Jogos, do sistema de transportes e sobre todas as garantias", disse o presidente do Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni), Giovanni Malagò.   


"Estou aqui para apoiar a Itália, o país inteiro está unido, compacto", reforçou Conte. Já a candidatura sueca ouviu questionamentos do COI sobre garantias financeiras e sobre o apoio do governo nacional aos Jogos. "Será muito emocionante.   


Cruzei com meus colegas de Milão e Cortina, e nos desejamos boa sorte reciprocamente. É um desafio marcado pelo fair play", disse a prefeita de Estocolmo, Karin Wanngard.   


A Itália já foi sede das Olimpíadas de Inverno em 1956, com a própria Cortina d'Ampezzo, e 2006, com Turim, enquanto a Suécia nunca organizou o evento. "A disputa pode ser resumida assim: voltar à Itália iria contra o princípio da universalidade, porque tivemos Turim 2006, mas a candidatura da Itália é mais confiável", disse o membro italiano no COI, Franco Carraro, que não participa da votação, assim como o sueco. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Mais Notícias