Topo

Às vésperas do G20, Bolsonaro embarca hoje para o Japão

2019-06-25T16:03:00

25/06/2019 16h03

SÃO PAULO, 25 JUN (ANSA) - O presidente Jair Bolsonaro embarca na noite desta terça-feira (25) para o Japão, onde participará da reunião de líderes do G20 e terá encontros bilaterais com chefes de Estado nos próximos dias 28 e 29 de junho. Segundo o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, o brasileiro aproveitará a cúpula para debater comércio internacional; tensões comerciais que afetam o crescimento e investimento por conta das incertezas; e o unilateralismo e multilateralismo versus protecionismo.   


Além disso, haverá a discussão dos temas permanentes do grupo, como estabilidade financeira e econômica, energia e desigualdade social. De acordo com Barros, o governo brasileiro pretende defender a reforma da Organização Mundial do Comércio na tentativa de deixar o setor mais equilibrado. Entre os compromissos de Bolsonaro no Japão há uma reunião com o presidente da China, Xi Jinping, agendada para sexta-feira(28), com previsão de duração de 40 minutos. É esperado também um encontro com o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, e o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman.   


O G20 é um grupo formado pelos ministros de finanças e chefes dos bancos centrais das 19 maiores economias do mundo, mais a União Europeia. Foi criado em 1999.   


Esta é a primeira vez que Bolsonaro participa da cúpula. Ele será um dos três líderes principais que discursarão na sessão temática de inovação e tecnologia na cúpula do G20.   


O embarque da comitiva presidencial brasileira, na Base Aérea de Brasília, está previsto para hoje (25), às 23h, com chegada em Osaka, no Japão, às 13h35 (horário local), de quinta-feira (27).   


Na mesma noite, Bolsonaro terá um jantar privado e na sexta-feira (28) iniciará a agenda da cúpula do G20. Além das sessões plenárias dos líderes, estão previstas reuniões paralelas sobre economia digital e empoderamento das mulheres.   


Na manhã de sexta-feira, Bolsonaro se reúnirá com o presidente do Banco Mundial, David Malpass, e receberá um troféu de dirigentes da Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil.   


Paralela ao G20, haverá ainda uma reunião informal dos líderes do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) sobre temas essencialmente econômicos na área de inovações, digital, energia e transições energéticas. (ANSA - Com informações da Agência Brasil)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Mais Notícias