PUBLICIDADE
Topo

San Siro será demolido ou seguirá de pé para Jogos de 2026?

28/06/2019 18h07

SÃO PAULO, 28 JUN (ANSA) - A demolição do San Siro está sendo um tema que está causando muito atrito entre a prefeitura de Milão e os dois principais clubes da cidade, o Milan e a Internazionale. Ambos os times querem derrubar o estádio para construir uma nova arena, enquanto o prefeito da capital lombarda deseja que a cerimônia dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2026 seja realizada no estádio italiano.   


O presidente do Milan, Paolo Scaroni, e o CEO da Inter, Alessandro Antonello, afirmaram nesta segunda-feira (24) que o San Siro será demolido para a construção de uma nova arena. O clube Rossonero deseja que o novo estádio esteja pronto para a temporada 2023/2024.   


Nenhum dos cartolas deu detalhes sobre as datas da demolição e da construção do estádio, mas Antonello disse que os clubes irão realizar o projeto em conjunto para que as equipes mandem seus jogos nas próximas temporadas.   


Já o prefeito de Milão, Giuseppe Sala, garantiu nesta quinta-feira (27) que a festa de inauguração das Olimpíadas será no gramado do San Siro, um dos estádios mais lendários do futebol mundial.   


"Certamente [o San Siro] ainda estará de pé em 2026 e isso não deve ser organizado com ninguém, visto que é nosso", declarou Sala em entrevista à emissora "RAI".   


Já sobre a intenção do Milan e da Inter em construir uma nova arena, o prefeito de Milão disse que ainda está "esperando" as empresas e os seus projetos. Sala também revelou a necessidade de ouvir os dois times, mas não escondeu que é a favor da manutenção do San Siro.   


"Afirmo que ainda estou esperando as empresas e seus projetos.   


Francamente, eu sou a favor da manutenção do San Siro, mas não posso deixar de escultar os times", comentou Sala.   


A construção de uma nova arena iria na direção contrária do dossiê enviado por Milão ao Comitê Olímpico Internacional (COI).   


No documento, a cidade italiana garantiu que a abertura do evento seria feita no gramado do Giuseppe Meazza.   


O estádio, que foi inaugurado em 1926, passou pela sua última grande reforma no final dos anos 1980, quando fez o terceiro anel, realizado em função da Copa do Mundo de 1990, disputada na Itália.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Notícias