PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

UE revê para cima estimativa de crescimento da Itália

12/05/2021 07h57

BRUXELAS, 12 MAI (ANSA) - A Comissão Europeia divulgou nesta quarta-feira (12) uma revisão das estimativas de crescimento dos países do bloco e aumentou para 4,2% a previsão de alta do Produto Interno Bruto (PIB) da Itália para 2021 e para 4,4% a do ano que vem.   

"As vacinações e o afastamento das restrições estão abrindo o caminho para uma forte retomada da economia italiana na segunda metade de 2021. Os investimentos apoiados pela União Europeia deverão levar a economia para um percurso de expansão sustentável, que deverá permitir ao retorno do crescimento no nível pré-pandemia até o fim de 2022", diz o documento.   

O relatório prevê uma média de alta do PIB nos Estados-membros de 4,4% para 2021, com a Espanha apresentando o melhor desempenho (5,9%), seguida pela França (5,7%). Já a Alemanha aparece com um crescimento de 3,4% e a última colocação fica com os Países Baixos (2,3%).   

Quando o assunto é a dívida pública, porém, a Itália devem manter a tendência de alta por conta do apoio do governo às iniciativas de retomada. Mas, o dado deve voltar a cair em 2022.   

A estimativa é que o débito chegue a 159,8% do PIB neste ano, para cair para 156,6% no próximo.   

"A economia crescerá de maneira robusta neste ano e no próximo.   

As perspectivas são melhores que as expectativas por dois fatores: uma retomada mais forte do que o previsto na atividade global e no comércio, e o impulso do Plano de Recuperação, que foi incorporado às previsões", destacou o comissário europeu para a Economia, Paolo Gentiloni, citando o forte aporte aprovado pelo bloco no ano passado. (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.