PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
3 meses

Rússia inclui Navalny na lista de 'terroristas e extremistas'

25/01/2022 14h03

MOSCOU, 25 JAN (ANSA) - A Rússia incluiu nesta terça-feira (25) o principal opositor do governo, Alexei Navalny, na lista de "terroristas e extremistas", em mais uma investida contra as vozes críticas ao poder do Kremlin.   

Navalny, conhecido como o mais feroz crítico do presidente Vladimir Putin, e oito de seus aliados - incluindo seus principais assessores, Lyubov Sobol e Georgy Alburov - foram adicionados à lista pelo Serviço Federal de Monitoramento Financeiro da Rússia (Rosfinmonitoring).   

A lei determina que as contas bancárias daqueles que estão na lista sejam congeladas. A informação foi divulgada pelo jornal russo Novaya Gazeta.   

Navalny, que retornou à Rússia da Alemanha há um ano, onde foi tratado por uma tentativa de envenenamento em 2020 - crime que atribuiu a Putin -, cumpre uma sentença de quase dois anos e meio de prisão por uma acusação controversa de fraude.   

A inclusão do nome de Navalny na lista de "terroristas e extremistas" é feita em um contexto de crescente repressão à oposição na Rússia, tanto contra políticos como a meios de comunicação e personagens da sociedade civil críticos a Putin.   

"Falamos muitas vezes, só podemos fortalecer nossa posição: a repressão de vozes críticas na Rússia não é aceitável", afirmou um porta-voz da Comissão Europeia ao ser questionado sobre a decisão russa. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.