PUBLICIDADE
Topo

Guerra da Rússia-Ucrânia

Notícias do conflito entre Rússia e Ucrânia


Conteúdo publicado há
3 meses

Rússia acusa filho de Joe Biden de financiar laboratórios biológicos na Ucrânia

20.ago.2020 - Hunter, filho de Joe Biden, faz discurso online durante convenção nacional do partido Democrata - Reprodução/Convenção do Partido Democrata
20.ago.2020 - Hunter, filho de Joe Biden, faz discurso online durante convenção nacional do partido Democrata Imagem: Reprodução/Convenção do Partido Democrata

Da Ansa

25/03/2022 09h02Atualizada em 25/03/2022 09h29

A Rússia acusou Hunter Biden, filho do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, de patrocinar laboratórios para o desenvolvimento de armas biológicas na Ucrânia. O norte-americano já foi incluído em uma lista de sanções internacionais anunciada por Moscou.

"Naturalmente, nós vamos pedir explicações sobre esse possível envolvimento e não apenas nós. A China também já pediu esclarecimentos", disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, durante sua coletiva diária com a imprensa nesta sexta-feira (25).

A primeira acusação formal foi feita horas antes pelo tenente-general Igor Kirilov, que estava dando uma coletiva em nome do Ministério da Defesa da Rússia.

"Nos chama a atenção o envolvimento de estruturas próximas à atual liderança dos Estados Unidos, em particular, do fundo de investimentos Rosemont Seneca, dirigido por Hunter Biden", acusou o russo.

Os EUA ainda não se manifestaram formalmente sobre essa fala, mas Washington vem afirmando que essas acusações da Rússia são uma forma do país mostrar "o que está planejando" para a guerra na Ucrânia.

Conforme os norte-americanos, basta ver as acusações russas para saber quais serão os próximos passos da guerra. Além disso, dizem que o Kremlin pode fazer uma ação do tipo sob falsa bandeira. O governo ainda descarta a informação de que patrocina laboratórios do tipo na Ucrânia e diz que as acusações são parte da "campanha de desinformação" feita por Moscou.