PUBLICIDADE
Topo

Haddad ataca elite paulistana e diz que SP 'poderia ser uma Xangai'

11/02/2014 16h57

Em entrevista exclusiva à BBC Brasil, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), atacou a elite econômica da cidade, ressaltando que há uma "falta de comprometimento" dela com a maior cidade da América Latina.

"Hoje infelizmente temos um poder econômico amesquinhado e empobrecido do ponto de vista espiritual, mas muito rico do ponto de vista material", disse.

Questionado se São Paulo não teria entrado em um ciclo de "decadência" nos últimos anos, ao ver limitado o seu poder de investimento por causa de sua situação financeira, Haddad disse que, se quisesse, "São Paulo poderia ser uma Xangai".

Ele também destacou suas realizações no cargo e ressaltou a proposta de Plano Diretor da cidade, que, segundo ele, é "revolucionária".