O protetor dos gatos abandonados na Síria em guerra

  • Reprodução

Mohammad Alaa Jaleel vive em Aleppo, na Síria, onde mantém um santuário para gatos deixados para trás por moradores da cidade.

Segundo maior centro urbano do país, Aleppo é hoje um dos principais campos de batalha da guerra civil que assola o país. Foi destruída pelo conflito e abandonada por seus milhões de moradores.

Jaleel permaneceu em Aleppo, onde já mantinha um santuário para os felinos, e começou a receber novos animais que não foram levados por quem fugiu da guerra.

Antes, havia no local de 20 a 30 animais. Hoje, são mais de cem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos