Crivella vence no Rio: Veja resultado do 2º turno nas eleições nas capitais brasileiras

Neste domingo, 18 capitais brasileiras definiram em segundo turno quem será o prefeito pelos próximos quatro anos.

Confira o resultado parcial:

Rio de Janeiro

O senador Marcelo Crivella (PRB) venceu sem dificuldade na capital fluminense. Com 99,96% das urnas apuradas, ele havia recebido os votos de 59,37% dos eleitores, contra 40,63% de Marcelo Freixo (PSOL).

Crivella havia vencido o primeiro turno, quando recebeu 27,78% dos votos, seguido por Freixo, com 18,26%.

Campo Grande

Na capital do Mato Grosso do Sul, Marquinhos Trad (PSD) recebeu 58,77% dos votos ante 41,23% da preferência de votos de Rose Modesto (PSDB).

No primeiro turno, Marquinhos teve 34,57% dos votos contra 26,62% de Rose Modesto.

Curitiba

O ex-prefeito Rafael Greca (PMN) voltará a comandar a capital paranaense.

Ele teve a preferência de 53,2% dos eleitores, contra 46,7% de seu concorrente, Ney Leprevost (PSD).

No primeiro turno, Greca tinha registrado 38,38%, ante 23,66% do segundo colocado.

Florianópolis

Com uma disputa acirrada e definida apenas no fim da apuração, Gean Loureiro (PMDB) venceu a eleição local.

Ele recebeu 50,26% dos votos, contra 49,74% de Ângela Amin (PP). A diferença foi de 1.153 votos.

Gean também havia vencido o primeiro turno, quando recebeu 40,39% dos votos, ante 24,57% de Ângela.

Goiânia

Em Goiânia, Goiás, Iris Rezende (PMDB) obteve 57,7% dos votos e se confirmou como prefeito. Seu concorrente, Vanderlan (PSB) recebeu 42,3% da preferência dos eleitores.

No primeiro turno, Rezende recebeu 40,47% dos votos contra 31,84% de seu concorrente Vanderlan.

A capital teve abstenção próxima a 25% e 9,53% de brancos e nulos.

Macapá

No Macapá, o candidato Clécio Vieira (Rede) venceu o segundo turno das eleições e foi reeleito com 60,51% dos votos. Gilvam Borges (PMDB) recebeu a preferência de 39,49% dos eleitores.

No primeiro turno, Clécio teve 44,59% dos votos contra 26,37% de seu concorrente Gilvan.

Porto Alegre

Na capital gaúcha, o tucano Nelson Marchezan Junior venceu com 60,5% - seu rival, o peemedebista Sebastião Melo, teve 39,5% dos votos.

O prefeito eleito havia recebido 29,84% dos votos na primeira etapa da disputa, ante 25,93% de Melo.

Vitória

Em eleição acirrada, Luciano Rezende (PPS) se reelegeu com 51,2% dos votos - Amaro Neto (SD), que teve 48,8% da preferência.

O prefeito havia liderado o primeiro turno, quando recebeu 43,8% dos votos, ante 35,32% do rival.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos