PUBLICIDADE
Topo

Pyongyang diz que ameaças de Trump são declaração de guerra

25/09/2017 13h30

Ao deixar Assembleia Geral da ONU, ministro afirma que comentários do presidente americano sobre Coreia do Norte são "declaração de guerra" e que o país poderá abater aviões dos EUA.O ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong-ho, fez escalar as tensões com os Estados Unidos nesta segunda-feira (25/09), dizendo que os comentários ameaçadores do presidente americano, Donald Trump, sobre o seu país e as suas lideranças equivalem a uma "declaração de guerra", e que a Coreia do Norte teria o direito de abater aviões de guerra dos EUA - mesmo que estes não se encontrem no espaço aéreo do país asiático."O mundo inteiro deveria lembrar claramente que os EUA declararam guerra ao nosso país primeiro", disse o ministro Ri Yong-ho a repórteres, enquanto deixava a sede das Nações Unidas em Nova York após uma semana de encontros no âmbito da Assembleia Geral do órgão.Mais informações em instantes.RK/ap