Brasil expressa "profunda consternação" por ataques na Síria

Em Brasília

  • Renato Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo

    Comunidade síria em São Paulo realiza ato pelo fim dos conflitos que assolam o país desde março de 2011

    Comunidade síria em São Paulo realiza ato pelo fim dos conflitos que assolam o país desde março de 2011

O Brasil manifestou neste domingo sua "profunda consternação" pelos ataques do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na cidade de Deir ezZor, no leste da Síria, que se saldaram hoje com a morte de mais de cem soldados e civis e o sequestro de 400 pessoas.

"O governo brasileiro condena, nos mais fortes termos, todo ato de terrorismo, a intolerância religiosa e o recurso à violência indiscriminada, praticados sob qualquer pretexto contra populações civis", afirmou um comunicado divulgado este domingo pelo Ministério das Relações Exteriores.

Além disso, o governo brasileiro quis transmitir suas condolências às famílias das vítimas e a todo o povo sírio.

No comunicado as autoridades reiteraram seu apoio às iniciativas de paz em curso, dentro do marco da resolução 2254 do Conselho de Segurança da ONU.

"O Brasil defende que a paz na Síria deve ser alcançada por meio do diálogo e da reconciliação nacional entre os grupos e setores reconhecidos como idôneos pela comunidade internacional, o que exclui grupos terroristas", afirmou o governo no comunicado.

A escalada da ofensiva do EI começou ontem à noite quando oito de seus membros atacaram com armas de fogo o hotel Al Furat, onde se alojavam membros das forças governamentais sírias, segundo a rádio "Al Bayan".

Este ataque foi o início de uma ampla ofensiva que permitiu ao EI controlar a importante cidade de Al-Bughayliyah, a oito quilômetros ao norte de Deir ez Zor, assim como distintas zonas periféricas desta cidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos