Curto-circuito provocou incêndio em hotel de Dubai na véspera do Ano Novo

Em Dubai

Um curto-circuito foi a causa do incêndio no hotel The Address Dowtown de Dubai, na noite do último dia 31 de dezembro, anunciou nesta quarta-feira o chefe da polícia do emirado, Khamis al Muzeina.

Em entrevista coletiva, Al Muzeina divulgou os dados da investigação e detalhou que o ponto onde se originaram as chamas faz parte de uma sala da qual se controlava a iluminação do edifício, de 63 andares e 302 metros de altura.

Além disso, disse que não foram detectados líquidos inflamáveis como gasolina que pudessem propagar as chamas.

Na coletiva, agentes policiais mostraram fotografias feitas depois do incêndio que mostram o sistema de cabos onde garantem que aconteceu o curto-circuito.

O incêndio começou às 21h do dia 31 de dezembro, quando se encontravam no prédio milhares de pessoas à espera que começasse o show de fogos de artifício no Burch Khalifa, que com 828 metros de altura é o edifício mais alto do planeta.

Apesar da magnitude do incêndio, apenas 16 pessoas sofreram ferimentos leves pela inalação de fumaça e a aglomeração de gente, segundo informou o governo de Dubai.

Apesar disso e de terem sido necessárias cerca de 20 horas para controlar as chamas, as autoridades de Dubai não suspenderam o espetáculo de fogos de artifício de Ano Novo, que, tal como estava previsto, foi inclusive retransmitido para todo o mundo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos