Palestino é morto a tiros após balear e ferir 3 israelenses na Cisjordânia

  • Abbas Momani/AFP

    Um palestino foi morto a tiros neste domingo (31) pelas forças de segurança de Israel

    Um palestino foi morto a tiros neste domingo (31) pelas forças de segurança de Israel

 Um palestino foi morto a tiros neste domingo pelas forças de segurança de Israel após balear e ferir três cidadãos israelenses, deixando dois deles em estado grave, em uma região próxima ao assentamento judaico de Beit El, na Cisjordânia.

"Um homem armado abriu fogo perto de Beit El, ao norte de Jerusalém. As forças de segurança na região responderam ao ataque e dispararam, o que provocou sua morte", disse o Exército em nota.

A Estrela de Davi Vermelha (equivalente a Cruz Vermelha) atendeu "duas vítimas gravemente feridas e uma em estado de leve a moderado", indicou o comunicado. As três pessoas baleadas foram levadas a hospitais de Jerusalém.

O incidente ocorreu por volta das 11h locais (7h em Brasília), em um cruzamento de uma rodovia que une Jerusalém à cidade de Nablus, na Cisjordânia, perto da base militar de Beit El.

O último incidente violento da onda de tensão vivida entre Israel e Palestina do ano passado ocorreu ontem. Um adolescente israelense de 17 anos foi esfaqueado por dois jovens palestinos no Portão de Damasco, um dos principais acessos à Cidade Antiga de Jerusalém.

Segundo a Polícia de Israel, os dois menores palestinos foram detidos após o ataque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos