Putin assegura que cessar-fogo impulsionará acerto político na Síria

Moscou, 26 fev (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou nesta sexta-feira que o acordo de cessar-fogo na Síria fechado entre Rússia e Estados Unidos e que entrará em vigor nesta meia-noite impulsionará o acerto político no país árabe.

"O objetivo deste documento é dar um impulso ao acerto do conflito sírio, um impulso voltado a um acerto com meios políticos e para criar as condições para começar este processo", disse Putin em reunião com o estado maior do Serviço Federal de Segurança (FSB, antigo KGB), segundo a imprensa local.

O presidente russo admitiu que o processo de paz na Síria será complicado, mas insistiu que não há outro caminho para a solução do conflito.

"Claro, entendemos e estamos conscientes de que será um processo de reconciliação complexo, de grande dificuldade, mas não há outra opção para chegar a um acerto pacífico", destacou Putin.

A Rússia anunciou anteriormente que os curdos sírios e "vários" grupos sunitas contrários ao regime de Bashar al Assad já se somaram à cessação das hostilidades.

Putin destacou que muitos grupos rebeldes seguiram o cessar-fogo dentro do prazo previsto, que se cumpria ao meio-dia de hoje, sexta-feira, hora de Damasco.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos