Coreia do Sul e EUA iniciam suas maiores manobras militares conjuntas

Em Seul

Coreia do Sul e Estados Unidos iniciaram nesta segunda-feira (7) as que serão suas maiores manobras militares conjuntas até o momento, em um ambiente de grande tensão, depois que a Coreia do Norte ameaçou realizar "ataques preventivos" contra os dois aliados.

Os exercícios anuais Key Resolve e Foal Eagle, orientados a coordenar a defesa de Seul e Washington perante um eventual conflito com a Coreia do Norte, se prolongarão até o dia 18 de março e 30 de abril respectivamente, anunciaram as Forças dos EUA na Coreia do Sul (USFK) em comunicado.

Os exercícios deste ano estão marcados pelas ameaças do regime de Kim Jong-un, que prometeu hoje responder com "ataques preventivos" e afirmou contar com alvos militares sul-coreanos "dentro de seu alcance", assim como com bases americanas na Ásia-Pacífico.

Cerca de 17 mil militares americanos no total participarão de ambos os exercícios, segundo o comunicado.

As manobras serão as de maior escala executadas até o momento na península coreana, segundo anteciparam autoridades de Seul e Washington, e envolverão também de maneira conjunta mais de 300 mil militares sul-coreanos.

As forças dos dois países testarão estratégias de combate conjuntas não ensaiadas até o momento e incluirão o exercício OPLAN 5015, que simula a inutilização das armas de destruição em massa do inimigo e a preparação das tropas para um ataque preventivo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos