Atentado com carro bomba na Turquia mata policial

Ancara, 24 mar (EFE).- Pelo menos um policial turco morreu nesta quinta-feira em um atentado com um carro-bomba na frente de um quartel policial na província de Diyarbakir, no sudeste da Turquia, deixando também vários feridos, informou a rede de televisão "NTV".

A dimensão da explosão e o envio de um grande número de ambulâncias ao local deixa aberta a possibilidade de que o número de vítimas seja mais elevado, apesar de não ter sido divulgado um balanço oficial.

Por volta das 21h (hora local; 16h de Brasília), supostos membros do grupo armado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) lançaram um veículo carregado de explosivos na direção de um quartel em Mermer, uma cidade a 35 quilômetros a nordeste de Diyarbakir.

Após a explosão, os guerrilheiros abriram fogo com armas automáticas, o que deu início a um intenso tiroteio com os gendarmes.

Várias ambulâncias foram ao local para retirar os policiais feridos e levá-los a hospitais de Diyarbakir, e pelo menos um deles morreu.

Desde que o PKK e o governo retomaram o confronto armado em julho do ano passado, a guerrilha atacou várias instalações militares e policiais nas províncias do sudeste do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos