Deputado regional chavista é assassinado no oeste da Venezuela

Caracas, 25 mar (EFE).- O chavista César Vera, deputado regional suplente no estado venezuelano de Táchira, na fronteira com a Colômbia, foi assassinado ontem por pistoleiros, um crime que porta-vozes governistas atribuíram nesta sexta-feira a paramilitares colombianos.

"Com profunda dor repudiamos o vil assassinato de nosso deputado patriota César Eugenio Vera Barajas no barrio San Isidro de Ureña", escreveu em seu conta no Twitter o governador de Táchira, o chavista José Vielma Mora.

Por sua parte, o comissário de Segurança do estado de Táchira, Ramón Cabeza, disse à emissora "Telesur" que " o deputado César Eugenio Vera Barajas, de 40 anos de idade, foi vítima de um grupo paramilitar".

O Ministério Público da Venezuela divulgou hoje um comunicado no qual informa que já está realizando uma investigação sobre o caso do assassinato deste dirigente político.

Segundo a nota da procuradoria, o crime aconteceu quando Vera conversava com um amigo na entrada de um estabelecimento comercial onde foi surpreendido por dois homens que chegaram em uma motocicleta.

"Um dos desconhecidos desceu da moto, se aproximou da vítima e, sem falar nada, efetuou vários disparos, causando sua morte de maneira imediata", detalhou a procuradoria no comunicado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos