Bélgica indicia segundo suspeito envolvido em plano de atentado na França

Bruxelas, 27 mar (EFE).- Um juiz de instrução da Bélgica acusou formalmente neste domingo um homem suspeito de ter envolvimento com um plano de atentado terrorista na França, que foi desmantelado na última quinta-feira pelas forças de segurança francesas.

Abdermane A. foi acusado de "participação em atividades de um grupo terrorista" e será mantido detido após ter tido seu pedido prisão preventiva estendido por 24 horas ontem, informou a Procuradoria Federal da Bélgica em comunicado.

O suspeito foi ferido ao ser preso na última sexta-feira em uma parada do bonde que passa pelo distrito de Schaerbeek, em Bruxelas.

De acordo com a emissora "RTBF", o homem preso em Bruxelas seria Abdermane Ameuroud, cúmplice do assassinato de Ahmad Shad Masoud em 2001, conhecido como "Leão do Panjhir" e que lutou contra o regime talibã no Afeganistão comandando tropas da Otan.

De nacionalidade argelina, Abdermane Ameuroud foi condenado a sete anos de prisão na França em 2005 por ter dado suporte logístico aos dois tunisianos que mataram Masoud em 9 de setembro de 2001, dois dias antes dos atentados de 11 de setembro nos Estados Unidos.

A acusação o definiu na época como um "voluntário jihadista" na guerra do Afeganistão, onde permaneceu 14 meses desde sua chegada em 1999. Depois, Abdermane Ameuroud teria feito parte de uma rede de recrutamento e treinamento de jihadistas na França.

O indiciamento de Abdermane A. tem relação com a prisão de Reda Kriket, um francês de 34 anos, preso por envolvimento com o plano de atentado frustrado na França na última quinta-feira.

Os agentes encontraram no apartamento de Kriket, que fica na cidade de Argenteuil, na periferia de Paris, armas pesadas e explosivos. Por isso, os investigadores acreditam que ele estava planejando um ataque à capital francesa.

No total, três pessoas foram presas em Bruxelas na sexta-feira devido à relação com a operação antiterrorista na França. Um juiz de instrução acusou formalmente ontem o primeiro suspeito Rabah N e deixou em liberdade Tawfik A.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos