Um dos terroristas de Bruxelas passou pela Itália rumo a Grécia em 2015

Roma, 28 mar (EFE).- Um dos supostos autores dos atentados de Bruxelas, Khalid El Bakraoui, chegou ao aeroporto de Treviso, no nordeste da Itália, em 23 de julho de 2015 vindo de Bruxelas e no dia seguinte viajou para Atenas, segundo fontes dos serviços antiterroristas italianos citados pelo canal "Sky TG24".

Segundo esta informação, o terrorista suicida do metrô de Bruxelas, irmão de Ibrahim El Brakaoui, autor do atentado no aeroporto de Zaventem, aterrissou em Treviso em um voo da companhia irlandesa Ryanair.

A passagem tinha sido comprada com um cartão de crédito no nome de Abdelrahman Benamor e o documento para o embarque que El Bakraoui apresentou era uma identidade belga.

O terrorista suicida dos atentados de Bruxelas da terça-feira passou a noite de 23 para 24 de julho em um hotel do aeroporto de Veneza e no dia seguinte viajou para Atenas.

Segundo os investigadores, na Grécia ele encontrou dias mais tarde com Salah Abdeslam, o organizador da logística dos atentados de 13 de novembro em Paris, detido há poucos dias no bairro de Molenbek, em Bruxelas.

Já se sabia que no final de julho e princípio de agosto, Abdeslam também estava na Itália e de Bari, no sul do país, embarcou para Atenas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos