Brasil e Uruguai adotam Plano Integrado para a Fronteira

Em Brasília

Representantes dos governos brasileiro e uruguaio, reunidos nesta terça-feira (19) em Brasília, decidiram adotar um Plano Integrado para a Fronteira, com "objetivos de caráter prioritário", segundo informou o Ministério das Relações Exteriores do Brasil.

Esta decisão foi tomada na Reunião Plenária de Alto Nível da Nova Agenda de Cooperação e Desenvolvimento Fronteiriço Brasil-Uruguai, que durou dois dias e foi liderada pelos vice-ministros de Relações Exteriores Sergio Danese, do Brasil, e José Luis Cancela, do Uruguai.

Entre os diferentes pontos estipulados, Brasil e Uruguai se comprometeram a estimular a cooperação jurídica com a simplificação dos trâmites burocráticos, a reforçar a atuação conjunta de ambas as polícias e a diversificar fontes de financiamento para projetos fronteiriços.

O saneamento integrado, a troca de experiências em políticas públicas das cidades fronteiriças, a redução da informalidade do trabalho e a regulamentação da previdência social nessas áreas, a prevenção epidemiológica por doenças comuns, e o melhoramento da qualidade de água também foram contemplados.

O plano inclui, além disso, o fomento à integração cultural nas escolas, o aumento do número de bibliotecas bilíngues e a criação de cursos profissionais através de instituições dos dois países; assim como o incremento das telecomunicações e estabelecimento de uma gestão conjunta em pesca, agricultura, pequenas e médias empresas e no sistema bancário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos