Explosão em centro petroquímico deixa 3 mortos e 136 feridos no México

(Atualiza o número de feridos).

Xalapa (México), 20 abr (EFE).- Uma forte explosão ocorrida nesta quarta-feira em um complexo petroquímico da companhia estatal Petroleos Mexicanos (Pemex) no porto de Coatzacoalcos, no estado de Veracruz, no leste do México, deixou pelo menos três mortos e 136 feridos, informaram fontes oficiais.

A explosão aconteceu por volta das 15h30 locais (17h30 de Brasília) na usina de Clorados 3 do complexo de Pajaritos e foi ouvida na maior parte do porto.

As autoridades emitiram um alerta à população de Coatzacoalcos para que as pessoas evitem sair de casa devido à presença, no ar, de compostos químicos que podem causar queimaduras na pele.

A Secretaria de Defesa Civil informou que há gases e cinzas derivados de fibra de vidro com cloroetanol, que surgem das chamas do local do acidente. Com isso, foi fechada ao tráfego a estrada federal Coatzacoalcos-Villahermosa e a Ponte Coatzacalcos I, que liga a cidade ao resto da região.

A Pemex indicou através de Twitter que estava atendendo a ocorrência "na usina Clorados 3 da empresa Petroquímica Mexicana de Vinilo (PMV), em Coatzacoalcos".

Em mensagem posterior, a companhia afirmou que "o acidente ocorreu na usina PMV, que é operada pela empresa Mexichem, com a qual a Pemex tem uma parceria".

Inicialmente, foi informado que três funcionários tinham ficado feridos pelo acidente na usina, mas em mensagem posterior o número foi corrigido para 30 e, pela noite, aumentou para 136.

"No total, há 136 trabalhadores feridos, dos quais 48 já receberam alta médica e 88 permanecem hospitalizados", disse a companhia petrolífera.

Além disso, a Pemex garantiu que a situação atual na usina "está controlada e não existe risco para a população".

Pouco antes, o governador de Veracruz, Javier Duarte, disse em mensagem à imprensa em Coatzacoalcos que três pessoas tinham morrido e 105 estavam feridas, 58 delas trabalhadores da Pemex. Além disso, o governador indicou que cerca de 2 mil pessoas tinham sido desalojadas de suas casas nas imediações do complexo petrolífero.

No complexo de Pajaritos são beneficiados vários produtos petroquímicos secundários, principalmente o monômero do cloreto de vinil, derivados do etileno e do cloro, assim como produtos da família das olefinas.

No porto de Coatzacoalcos ficam os complexos petroquímicos Pajaritos, Cangrejera e Morelos, assim como o Terminal Marítimo de Pajarito. No município vizinho de Minatitlán fica a refinaria Lázaro Cárdenas, a mais importante da América Latina, enquanto no município de Cosoleacaque está o Complexo Petroquímico Cosoleacaque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos