Policiais morrem baleados em ataque talibã no Paquistão

Islamabad, 25 mai (EFE).- Pelo menos três membros da Polícia de Fronteiras do Paquistão, entre eles um tenente-coronel, morreram nesta quarta-feira por disparos de homens armados em um ataque em Peshawar, no norte do país, reivindicado pelo Tehrik-e-Taliban Pakistan (TTP), principal grupo talibã paquistanês, informou uma fonte policial à Agência Efe.

"Dois homens armados numa motocicleta abriram fogo e mataram três membros da Polícia de Fronteiras que estavam em um veículo na região de Patang Chowk, em Peshawar", afirmou um oficial da Polícia local, Nasir Khan.

O tenente-coronel Ameer Badshah e o motorista Gül Rasool morreram no local, enquanto o segurança Lance Naik Gul Rehman morreu no hospital para onde foi encaminhado.

"Ameer Badshah seguia da sua casa para a sede da Polícia de Fronteiras quando aconteceu o incidente", afirmou.

A ação foi perpetrada pela "unidade especial" dos insurgentes, segundo a nota remetida pelo porta-voz do TTP, Muhammad Khurasani.

Num comunicado, o primeiro-ministro paquistanês, Nawaz Sharif, condenou o ataque e expressou suas condolências aos familiares das vítimas.

"Como nação somos conscientes dos altos preços que estamos pagando, em termos de mortes na guerra contra o terrorismo, mas não temos nenhuma outra opção senão lutar pela nossa sobrevivência com valor e coragem", ressaltou Sharif.

Em janeiro, oito pessoas morreram, entre elas cinco policiais, e outras 25 ficaram feridas em um atentado com bomba próximo de um posto de controle policial.

Em dezembro de 2015 aconteceu um ataque reivindicado pelo TTP, que deixou 151 mortos, entre eles 125 crianças, em uma escola de Peshawar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos