Operação policial detém 12 suspeitos de planejar atentados na Bélgica

Em Bruxelas

  • NICOLAS MAETERLINCK/AFP/Belga

Uma nova operação antiterrorista na Bélgica resultou na detenção de 12 pessoas na noite desta sexta-feira (17), suspeitas de planejar um ou vários atentados no país, informou neste sábado (18) a emissora "RTBF".

A operação se desenvolveu principalmente na região de Bruxelas, mas também houve diligências nas regiões de Valônia e Flandres, em um total de 16 localidades belgas.

Em um primeiro momento, 40 pessoas foram detidas, mas apenas 12 delas permanecem presas e até 152 garagens foram revistadas, precisou a Procuradoria Federal da Bélgica em comunicado.

Um juiz de instrução decidirá nas próximas horas se emitirá uma ordem de detenção para todas elas.

A Promotoria Federal disse que não pode revelar a identidade das pessoas detidas e se limitou a comentar que a operação aconteceu dentro de uma investigação por terrorismo e que não foram encontradas armas nem explosivos durante as diligências.

A operação parece não estar relacionada com o fato de quatro ministros do governo belga terem sido colocados sob vigilância reforçada devido a ameaças.

Em paralelo, ontem à noite a Procuradoria Federal informou que um novo suspeito havia sido detido por relação com os atentados de Bruxelas, e que, em princípio, não teria relação com esta nova operação.

Essas prisões acontecem depois que nos últimos dias vazou para a imprensa uma nota interna da polícia que alertava seus agentes sobre o "risco iminente" de um atentado no país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos