Ataque contra hotel na Somália termina com 35 mortos

Em Mogadício

  • Feisal Omar/Reuters

    25.jun.2016 - Soldados somalis assumem posições durante tiroteio após ataque contra o hotel Nasa-Hablod, em Mogadício, na Somália

    25.jun.2016 - Soldados somalis assumem posições durante tiroteio após ataque contra o hotel Nasa-Hablod, em Mogadício, na Somália

Pelo menos 35 pessoas morreram e mais de 30 ficaram feridas neste sábado (25) em um ataque do grupo terrorista Al Shabab contra um hotel na capital da Somália, edifício que foi tomado pelas forças de segurança após de mais de quatro horas de assédio, informou a polícia à Agência Efe.

Após a explosão de um carro-bomba nas imediações do hotel Naso-Hablod, um grupo de homens armados entrou nas instalações, onde as forças de segurança fizeram uma operação para libertar os reféns.

Embora em um primeiro momento tenha sido comunicado que nove pessoas tinham morrido no ataque, o comandante da polícia Adan Abdikarim confirmou à "Efe" que o número de vítimas chegou a 35.

Abdikarim acrescentou que mais de 30 pessoas ficaram feridas e já estão sendo atendidas pelos serviços médicos no lugar do atentado e nos hospitais. Uma grande coluna de fumaça pode ser vista sobre o hotel Nasa-Hablod, situado ao norte de Mogadíscio e frequentado habitualmente por políticos.

O atentado foi reivindicado pelo Al Shabab, braço da Al Qaeda na Somália, onde nos últimos meses atentou contra vários hotéis e restaurantes da capital. Esse é o segundo ataque a um hotel feito pelos terroristas no último mês. No dia 1º de junho, 11 pessoas, entre elas vários deputados, morreram em uma ação contra o Hotel Ambassador em Mogadíscio.

Naquela ocasião, os terroristas também detonaram um carro-bomba e invadiram as instalações do estabelecimento, onde começaram a atirar indiscriminadamente. A milícia islamita Al Shabab anunciou em 2012 a adesão formal à Al Qaeda e luta para instaurar um Estado islâmico de ramo wahabista na Somália, onde controla grandes extensões de território no sul e no centro do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos