Ataque do PKK a uma delegacia deixa 3 mortos no sudeste da Turquia

Istambul, 9 jul (EFE).- Um ataque do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) contra uma delegacia em Mardin, no sudeste da Turquia, deixou três mortos e 12 feridos neste sábado, informou a agência semipública turca "Anadolu".

O ataque aconteceu de manhã, quando supostos membros da guerrilha curda lançaram um carro carregado de explosivos contra uma delegacia localizada cerca de 15 quilômetros ao noroeste da cidade de Mardin.

Dois soldados morreram e 12 ficaram feridos, um deles em estado grave, segundo um comunicado da cúpula militar, divulgado no site das forças armadas.

Além disso, uma mulher que estava no jardim de sua casa, próxima à delegacia, morreu em decorrência da explosão, que também causou danos em vários edifícios, acrescentou a "Anadolu".

Nos últimos meses, o PKK recorreu várias vezes à tática de lançar carros-bomba contra delegacias ou contra veículos da polícia no sudeste da Turquia.

Por outra parte, um adolescente de 14 anos que trabalhava como pastor de ovelhas morreu após a detonação de um explosivo no campo na província de Agri, no extremo leste da Turquia, segundo a mesma "Anadolu", que atribui ao PKK a colocação deste artefato caseiro. EFE

iut/rsd

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos