Novo terremoto de 5,8 graus sacode Coreia do Sul

Seul, 12 set (EFE).- Um terremoto de 5,8 graus na escala aberta de Richter afetou nesta segunda-feira o sudeste da Coreia do Sul menos de uma hora depois de outro tremor de 5,1 sacudir esta mesma região do país, que não informou sobre danos de grandes dimensões.

O segundo abalo, o mais forte jamais registrado pela Administração Meteorológica de Coreia (KMA), aconteceu às 20h35 (horário local, 8h35 em Brasília) com epicentro em Gyeongju, cidade na província de Gyeongsang do Norte, a cerca de quatro horas de Seul. Aproximadamente 50 minutos antes, um terremoto de 5,1 graus aconteceu com epicentro a 9 quilômetros ao sul de onde bateu o segundo.

O mais potente dos dois terremotos foi sentido em boa parte do país, embora o Ministério da Segurança Pública não tenha informado sobre danos graves. Em cidades como Busan, a segunda maior do país e situada 70 quilômetros ao sul do epicentro dos tremores, moradores dos edifícios residenciais mais altos (algumas de até 80 andares) optaram por abandonar seus imóveis perante os fortes tremores que sofreram os edifícios.

Por sua vez, a Korea Hydro & Nuclear Power, empresa que opera as usinas nucleares do país, informou que os reatores das centrais de Wolsong, Hanul e Gori - todas situadas na região sudeste - se encontram em perfeito estado e que as que estavam em operação seguem gerando eletricidade sem problema.

As autoridades sul-coreanas também não informaram de danos em outras infraestruturas ou o transporte, além de dois trens-bala KTX se viram obrigados a suspender temporariamente as atividades.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos