Rússia propõe trégua humanitária de 48 horas em Aleppo

Moscou, 29 set (EFE).- A Rússia está a favor de uma trégua humanitária de 48 horas na cidade de Aleppo, na Síria, mas considera inaceitável um novo cessar-fogo de uma semana porque isso permitiria que os grupos terroristas se reorganizassem, disse nesta quinta-feira, o vice-ministro das Relações Exteriores, Sergei Ryabkov.

"A fim de garantir o acesso humanitário, estamos propondo uma pausa de 48 horas, mas os colegas americanos, por razões que só eles conhecem, estão empenhados em exigir uma trégua de sete dias", disse aos jornalistas.

"Esse prazo (uma semana) é totalmente suficiente para que os grupos terroristas possam conseguir munição, descansar seus combatentes e reagrupar suas forças", afirmou.

Ryabkov insistiu: "o prazo de sete dias é inaceitável para nós, mas a proposta de uma pausa de 48 horas permanece sobre a mesa".

O vice-ministro russo afirmou que Moscou não vê outra alternativa que é seguir cooperando com os Estados Unidos na busca de uma solução para o conflito sírio, mas deixou claro que não aceitará os ultimatos de Washington.

"Com sua política de chantagem e ameaças, Washington procura impor soluções que favoreçam aos EUA e seus clientes", afirmou Ryabkov, em referência à ameaça feita ontem pelo secretário de Estado, John Kerry, a seu colega russo, Sergey Lavrov, de suspender a cooperação bilateral em respeito à Síria, caso a Rússia não atue "imediatamente " para acabar com a ofensiva de Aleppo.

A decisão de Washington fecharia a porta ao estabelecimento do Centro de Implementação Conjunta, um mecanismo onde os EUA e Rússia planejavam um ataque em conjunto na Síria ao Estado Islâmico (EI) e Frente al-Nusra, uma vez que se assegurasse o cumprimento da trégua e a entrega de ajuda humanitária durante uma semana.

"É impossível chegar a um acordo com base nisso. Você pode levar o cavalo até a água, mas não fazê-lo beber. Nós temos nosso próprio enfoque e nossos princípios", ressaltou Ryabkov.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos