Sobe para 17 o número de mortos em desmoronamento de prédios na China

(Atualiza o número de vítimas).

Pequim, 10 out (EFE).- O número de mortos após o desabamento de vários edifícios residenciais na cidade de Wenzhou, na província de Zhejiang, no leste da China, subiu para 17, de acordo com o último balanço divulgado pelas autoridades locais.

As equipes de resgate tiraram 23 pessoas dos escombros, mas apenas seis delas sobreviveram, enquanto as operações para tentar encontrar mais vítimas do desmoronamento continuam.

Segundo diferentes versões, os desabamentos atingiram três ou quatro edifícios residenciais, cada um de seis andares de altura, e os escombros alcançam uma altura de três andares.

Os prédios estavam situados em um distrito industrial da cidade e abrigavam, sobretudo, operários.

As autoridades acreditam que muitas pessoas estavam em seus quartos quando aconteceu o acidente, às 4h locais (17h de Brasília de domingo).

Um dos trabalhadores que sobreviveram ao acidente, Yann Yongfa, de 57 anos, explicou que em cada quarto conviviam de duas a três pessoas e que, no seu caso, assim como no de muitos outros, a empresa para a qual trabalhava era responsável pelo pagamento do aluguel.

Aparentemente, os imóveis tinham sido construídos pela própria população e o governo tinha previsto um plano de reformas dos mesmos devido ao estado no qual se encontravam.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos