Possível suicídio foi causa das explosões em um parque do Japão

Tóquio, 23 out (EFE).- A Polícia do Japão acredita que o suicídio de um ex-soldado de 72 anos possa ser a causa de várias explosões registradas neste domingo em Utsunomiya, cidade que fica a cerca de 100 quilômetros ao norte de Tóquio, informou a imprensa japonesa.

As explosões, que causaram a morte de uma pessoa enquanto outras três ficaram feridas, aconteceram de maneira simultânea por volta das 11h30 local (0h30 em Brasília) ao redor de um parque no qual se realizava um festival tradicional.

A imprensa local informou que três explosões acnteceram em três localizações diferentes e mostraram as imagens de um carro completamente queimado e uma casa arrasada pelo fogo.

Dentro do parque, a Polícia encontrou o corpo parcialmente queimado e mutilado de uma pessoa enquanto outras três ficaram feridas por queimaduras no mesmo local.

As autoridades revelaram que o falecido era uma homem de 72 anos que foi membro das Forças de Autodefesa (Exército) do Japão e que era residente de Utsunomiya.

Segundo a imprensa local, a Polícia encontrou uma carta de despedida do homem e acredita-se que o carro e a casa que queimaram eram de sua propriedade, por isso que se trataria de um suicídio e os três incidentes estariam conectados.

A Polícia foi ao parque após receber um telefonema de alguém que assegurava que via uma pessoa envolvida em chamas, detalhou a emissora pública "NHK".

Perto de lá, em um estacionamento, vários carros queimaram após ser ouvida uma segunda explosão entorno da mesma hora, embora os bombeiros tenham confirmado que ninguém ficou ferido.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos