Americano é indiciado por aguardar cadáver em cima da cama por 1 semana

Washington, 25 out (EFE).- Um homem da Pensilvânia, no leste dos Estados Unidos, foi acusado formalmente de abuso ao ser descoberto que mantinha escondido em cima da sua cama um corpo em decomposição há pouco mais de uma semana, informou a imprensa local.

De acordo com o portal "Penn Live", Donald Teaford, de 36 anos e morador da cidade de Aliquippa, contou a um amigo que guardava o corpo de uma pessoa que morreu em sua casa por overdose de heroína. O amigo acionou a polícia e os agentes foram ao apartamento de com uma ordem de busca, quando notaram "um forte cheiro de perfume".

Na inspeção eles localizaram na cama uma bolsa de lixo da qual saía uma bota e, ao se aproximar, descobriram o corpo e uma faca. Teaford foi acusado formalmente de abuso do cadáver, o que pode levar a uma multa de até US$ 100 mil.

As autoridades não confirmaram as causas da morte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos