Hillary supera em 2 milhões os votos de Trump

Em Washington

  • REUTERS/Carlos Barria

A candidata democrata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, já passa em 2 milhões de votos o presidente eleito, o republicano Donald Trump, que ganhou graças ao sistema de Colégio Eleitoral que decide o inquilino da Casa Branca.

A apuração, ainda em andamento em alguns estados que estão processando votos à revelia ou depositados no exterior, dá uma vantagem de 2 milhões à Hillary (64,22 milhões) contra Trump (62,21 milhões), e situa a porcentagem total em 48,1% para a democrata e 46,6% para o republicano. Mesmo com mais votos, Trump saiu vencedor das eleições devido ao sistema de Colégio Eleitoral, em que cada estado atribuído ao ganhador da demarcação territorial um número de delegados estimado conforme seu peso demográfico e equivalente ao número de seus representantes no Congresso.

Embora tenha votos a menos, Trump superou na votação popular os candidatos republicanos à presidência anteriores, o senador John McCain e o ex-governador Mitt Romney, que perderam para o atual presidente, Barack Obama, em 2008 e 2012, respectivamente.

Os 2 milhões de votos a mais de Hillary em comparação a Trump constituem a maior vantagem que o candidato perdedor já tirou do ganhador nas eleições presidenciais dos Estados Unidos, país que viu crescer, nos últimos anos, o número de votantes.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos