Atentado com carro-bomba ao sul de Bagdá deixa pelo menos 12 mortos

Bagdá, 24 nov (EFE).- Pelo menos 12 pessoas morreram nesta quinta-feira e outras 15 ficaram feridas pela explosão de um carro-bomba na cidade iraquiana de Al Hala, ao sul de Bagdá, informou à Agência Efe uma fonte de segurança.

Segundo a fonte, entre as vítimas há vários peregrinos iranianos que participavam da comemoração dos 40 dias do aniversário da morte do imã Hussein, morto no ano 680.

No momento da explosão, as vítimas estavam retornando a seu país, após terem participado dessa celebração religiosa, como fizeram milhões de fiéis xiitas -iraquianos e estrangeiros- neste ano.

A fonte acrescentou que o carro-bomba explodiu junto a um posto de gasolina na zona de Al Shumli, no leste de Al Hala, capital da província de Babel, a cem quilômetros de Bagdá.

Por enquanto nenhum grupo reivindicou o atentado contra os xiitas, que costumam ser alvo de ataques por parte de organizações radicais sunitas, como o jihadista Estado Islâmico (EI).

Ontem, o EI perpetrou vários ataques em diferentes bairros da capital iraquiana, que deixaram pelo menos sete mortos e 18 feridos, segundo uma fonte de segurança.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos