Ataques aéreos e de artilharia governamental em Aleppo matam 30 pessoas

Beirute, 29 nov (EFE).- Pelo menos 30 pessoas morreram ontem na parte leste da cidade síria de Aleppo em bombardeios e ataques de artilharia das forças governamentais, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Segundo a ONG, 18 dessas pessoas, entre elas cinco menores de idade e duas mulheres, foram vítimas dos bombardeios de aviões e helicópteros militares contra o bairro de Al Shaar. Já as demais faleceram em ataques em Misir, Karam al Tahan e Tariq al Bab.

A artilharia governamental também teve como alvo áreas da periferia oeste da cidade, mas por lá não foram registradas vítimas.

O Exército sírio retomou ontem o controle total da zona norte da metade leste de Aleppo, que estava em poder dos rebeldes. O Observatório indicou que as forças governamentais dominam agora 30% do leste de Aleppo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos