Autoridades sírias denunciam bombardeio israelense perto de Damasco

Beirute, 30 nov (EFE).- As autoridades sírias denunciaram nesta quarta-feira um bombardeio de aviões israelenses na região de Al Sabura, cerca de 20 quilômetros ao oeste de Damasco, sem deixar vítimas, segundo a agência de notícias oficial "Sana".

"Aviões do inimigo israelense lançaram, ao amanhecer, dois foguetes contra a periferia de Damasco", declarou uma fonte militar, citada pela agência, que acrescentou que o ataque foi efetuado do espaço aéreo libanês e que os projéteis caíram em Al Sabura.

A fonte garantiu que o objetivo do bombardeio é distrair a atenção dos triunfos do exército sírio e elevar o moral de "grupos terroristas".

Não é a primeira vez que Israel ataca posições no território sírio, sobretudo na província de Al Quneitra, fronteiriça com as Colinas de Golã ocupadas pelas forças israelenses.

Essa área é cenário de tensão desde que se iniciou há mais de cinco anos o conflito na Síria e em várias ocasiões caíram na parte controlada por Israel projéteis erráticos e também alguns que foram considerados propositais.

Israel costuma responder disparando contra os agressores ou contra posições do exército sírio, o qual considera responsável de exercer a soberania na área fronteiriça.

No último dia 28, as forças armadas israelenses informaram de um bombardeio de sua aviação na noite anterior contra um edifício abandonado das Nações Unidas no sul da Síria de onde um grupo associado ao grupo Estado Islâmico (EI) tinha lançado um ataque contra uma patrulha israelense.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos