Sobe para 20 o número de mortos em ataque de rebeldes ugandenses na RDC

Kinshasa, 25 dez (EFE).- Pelo menos 20 civis foram assassinados com armas de fogo e facões ontem no leste da República Democrática do Congo (RDC) em uma incursão dos rebeldes ugandenses que operam na região, conforme o último balanço feito pelas Forças Armadas.

Julien Paluku, governador da província de Nord-Kivu - onde aconteceu este novo massacre - tinha divulgado mais cedo que o total de vítimas era de nove.

Segundo o porta-voz do Exército, Jean Richard Kasonga, os corpos foram achados pouco depois do ataque pelos próprios moradores. Os rebeldes surpreenderam os habitantes, que estavam colhendo nozes, e fugiram depois da ação.

O Exército já iniciou uma operação de busca dos responsáveis, e conseguiu matar quatro rebeldes. Os criminosos levaram parte da colheita e incendiaram algumas casas, segundo o governador, que conversou com a Agência Efe por telefone.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos