Inundações na República Democrática do Congo deixam ao menos 50 mortos

Kinshasa, 29 dez (EFE).- Pelo menos 50 pessoas morreram nos últimos dias na República Democrática do Congo (RDC) devido às inundações provocadas pelas fortes chuvas que atingiram o sudoeste do país, informaram nesta quinta-feira à Agência Efe as autoridades provinciais.

Desde a última segunda-feira, as fortes chuvas provocaram o transbordamento do rio Congo, um dos maiores do mundo, e muitas localidades próximas ficaram completamente inundadas.

"O dano é realmente grande. Mais de 50 casas ficaram destruídas, os veículos foram arrastados e muitas crianças desapareceram", lamentou o governador da província do Congo Central, Jacques Mbadu, que assegurou que o número de mortos já é superior a 50 e ainda pode aumentar.

Além disso, centenas de pessoas tiveram que deixar suas casas, arrasadas pelas fortes chuvas, e algumas áreas da cidade portuária de Boma, uma das mais importantes do país, seguem inundadas e cheias de lama, por isso o alerta "é permanente" no país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos