Mulher é detida por praticar mergulho em praia da Arábia Saudita

Riad, 29 dez (EFE).- As autoridades da Arábia Saudita detiveram uma mulher que estava praticando mergulho junto com seu treinador em uma praia da cidade de Jidá, no oeste do país, informou nesta quinta-feira a polícia saudita.

A prisão foi realizada após a publicação de um vídeo no YouTube, através do qual foi possível identificar a mulher e o grupo de homens que a acompanhavam, segundo um comunicado do porta-voz policial da região de Meca, Aatia al Qurashi.

Qurashi acrescentou na nota que a detida, cuja origem não foi detalhada, aparecia no vídeo carregando o equipamento de mergulho antes de entrar no mar e em companhia de seu treinador e de vários homens, o que não é permitido pelas leis sauditas.

No vídeo, a mulher aparece vestida com roupa de mergulho completa e com a cabeça descoberta.

Além disso, a polícia deteve horas mais tarde as outras pessoas que apareciam nas imagens, após determinar o lugar onde a cena foi gravada.

Uma vez detidos, as forças da ordem os transferiram à delegacia para serem interrogados, mas o texto não detalhou o número de pessoas.

Ontem, o mesmo titular da polícia saudita emitiu um comunicado informando sobre a detenção de várias pessoas, de distintas nacionalidades árabes, por terem celebrado uma festa mista em um terraço da mesma cidade.

As leis sauditas, baseadas em uma interpretação rígida da "sharia", a lei islâmica, estabelecem a separação de homens e mulheres em espaços públicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos