Desabamento de mina na Índia deixa 10 mortos e vários desaparecidos

Nova Délhi, 30 dez (EFE).- Pelo menos dez mineiros morreram e teme-se que outros dois ou três podem ter ficado soterrados pelo desabamento da mina na qual trabalhavam no estado de Jharkhand, no leste da Índia, informaram nesta sexta-feira fontes oficiais.

O desabamento aconteceu na última hora da tarde de ontem em uma mina no distrito de Godda, mas apenas nesta manhã, com a primeira luz do dia, começaram os trabalhos de resgate, disse à Agência Efe o porta-voz da polícia de Jharkhand, R. K. Mallick.

As equipes de emergências recuperaram dez corpos no local e as autoridades estimam que entre duas e três pessoas podem permanecer ainda soterradas, mas Mallick ressaltou que não se saberá este número com toda certeza até que, provavelmente amanhã, terminem os trabalhos de resgate.

A companhia mineradora, Eastern Coalfields Limited (ECL), tinha indicado anteriormente às autoridades que "desconhecia o paradeiro" de 23 de seus trabalhadores, mas a polícia não pôde "verificar" se estavam soterrados e suspeita que podem ter deixado área do desastre por conta própria.

"Os trabalhos de resgate ainda continuam", disse Mallick, acrescentando que pelo menos 15 mineiros se encontram hospitalizados com ferimentos de diversa gravidade.

A Autoridade Nacional de Gestão de Desastres (NDMA), que também participa dos trabalhos de resgate, detalhou em sua conta no Twitter que pelo menos dois dos feridos se encontram em estado grave.

No desabamento, uma área "de solo sólido" de 300 metros de altura e 110 metros de largura veio abaixo e se deslocou pelo menos 35 metros, detalhou o Ministério do Carvão em comunicado.

O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, expressou através de um breve comunicado sua "tristeza pela perda de vidas na mina" e afirmou que reza "pelos soterrados em seu interior".

O estado de Jharkhand possui as principais jazidas de carvão da Índia, com cerca de 27% do total, mas, como no resto do país, as condições de segurança são muito precárias, o que faz com que os acidentes sejam frequentes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos