Mulher morre baleada na Universidade de Utah (EUA)

Washington, 29 dez (EFE).- Uma mulher morreu na quinta-feira em um tiroteio na Universidade de Utah, oeste dos Estados Unidos, enquanto o criminoso tentou se matar atirando contra si próprio e ficou ferido gravemente, segundo informações divulgadas pela informou a polícia local.

Em declarações à Agência Efe, um dos porta-vozes da Polícia da Universidade de Utah, Garth Smith, afirmou que o suspeito e a vítima eram casados.

Durante entrevista coletiva, o chefe da Polícia da Universidade de Utah, Dale Brophy, afirmou que várias testemunhas presenciaram o incidente e que o homem brigou com a mulher antes de realizar o disparo, depois atirou contra si próprio, ficando gravemente ferido.

O incidente aconteceu no estacionamento onde está localizado diversos comércios locais e instalações para pesquisas dos alunos da Universidade de Utah.

Os policiais não divulgaram os nomes da vítima e do atirador.

Em uma breve entrevista coletiva, Brophy disse desconhecer se as pessoas envolvidas no incidente eram alunos da universidade, embora tenha dito que a investigação aponta que eles não estudavam no local.

As imagens das TVs locais mostraram um grande quantidade de policiais no campus, assim como a presença de diversas ambulâncias. EFE

bpm/phg

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos