Rebeldes anunciam conquista de Al Bab, reduto do EI na Síria

Cairo, 23 fev (EFE).- As forças rebeldes do Exército Livre Sírio (ELS), que contam com o apoio do Exército turco no norte da Síria, anunciaram nesta quinta-feira a conquista da cidade de Al Bab, principal reduto do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) no norte da Síria.

Segundo confirmou à Agência Efe Osama Abu Zeid, um porta-voz do ELS, os combatentes desta aliança de forças rebeldes "conseguiram libertar totalmente a cidade de Al Bab, com o apoio do Exército turco".

Os jihadistas começaram sua retirada por conta dos ataques aéreos turcos e o bombardeio da artilharia, destacou Abu Zeid, que acrescentou que os combatentes do ELS estão agora rastreando a cidade em busca de remanescentes do EI e de explosivos.

Nos confrontos de hoje morreram pelo menos 37 jihadistas e vários rebeldes ficaram feridos.

No entanto, a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) afirmou em comunicado que a maior parte de Al Bab continua fora do controle das forças turcas e das facções rebeldes.

A ONG detalhou que os bairros de Al Filat, Al Msari e a praça de Marto, assim como parte dos distritos de Al Salam e Zamzam continuam nas mãos dos jihadistas, apesar do assédio dos rebeles e do Exército turco.

Os rebeldes sírios e as tropas turcas iniciaram a ofensiva em Al Bab no dia 7 de fevereiro e, desde então, pelo menos 124 pessoas morreram, entre elas 38 crianças e 27 mulheres, segundo a apuração do OSDH.

As tropas turcas e as facções rebeldes sírias começaram a cercar a cidade em 10 de dezembro de 2016, dentro da operação Escudo de Eufrates, iniciada em agosto e cujo objetivo é expulsar da área tanto o EI quanto as milícias curdo-sírias.

As autoridades turcas anunciaram que após a batalha por Al Bab, que fica 30 quilômetros ao sul da fronteira turca, a operação continuará com o objetivo de retirar o EI de sua 'capital' síria, Al Raqqa.

Nesta quinta-feira, começou em Genebra uma nova rodada de negociações de paz sobre o conflito sírio, com o encontro entre a delegação governamental e Staffan de Mistura, mediador da ONU.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos