Mais de 40 civis capturados pelo EI são libertados no Afeganistão

Cabul, 26 fev (EFE).- Pelo menos 42 civis sequestrados pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI) foram libertados após a mediação de autoridades locais e líderes tribais na província de Nangarhar, no Afeganistão, segundo informações de uma fonte oficial à Agência Efe.

Os reféns, todos homens, tinham sido capturados há uns quatro meses no distrito de Panchir-Agam e transferidos depois para áreas próximas controladas pelo EI, onde foram ontem libertados, afirmou o porta-voz do governador provincial, Attaullah Khogyani.

Os 42 civis, que tinham permanecido detidos em duas prisões jihadistas, se encontram em bom estado de saúde e foram transferidos a suas cidades de origem com o objetivo de rever seus familiares, explicou o porta-voz.

Segundo Khogyani, o EI capturou durante os últimos dois anos, dezenas de civis em Nangarhar, entre eles 12 professores e dois empregados administrativos de uma escola religiosa que foram sequestrados mês passado na província.

Na semana passada, o Exército afegão anunciou a morte, em 2016, no Afeganistão, principalmente em Nangarhar, de quase 2 mil membros do EI, e no sábado o próprio porta-voz provincial afirmou que tinham morrido 47 jihadistas desde a sexta-feira na região.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos