Irmão de suposto terrorista suicida de Manchester é detido em Trípoli

Trípoli, 24 mai (EFE).- Uma das milícias afins ao governo de unidade reconhecido pela ONU em Trípoli deteve na noite de ontem Hashim Abedi, irmão do suposto terrorista suicida de Manchester, informaram nesta quarta-feira fontes de Segurança.

Segundo as fontes, o jovem foi detido pelas chamadas Forças Especiais de Dissuasão (ENSEADA), uma das milícias mais poderosas de Trípoli, sob o comando do senhor da guerra Abdel Rauf al Kara, afim ao Ministério de Interior.

A polícia britânica apontou na terça-feira Salman Abedi como o suposto autor do atentado que na noite de segunda-feira matou 22 pessoas, muitas delas crianças e adolescentes, que tinham ido ao show da cantora americana Ariana Grande na Manchester Arena.

Fontes de Segurança líbias explicaram à Agência Efe na terça-feira que Abedi nasceu em 1994 em Manchester e era o segundo filho de Samia Tabal, de 50 anos, e Ramadan Abedi, dois refugiados políticos que fugiram ao Reino Unido para escapar da ditadura de Muammar al Kaddafi.

Aparentemente, Ramadan Abedi trabalhou no setor da segurança em tempos da ditadura e viveu em Londres com a sua esposa antes de se mudar para Manchester.

Diferentemente do que foi noticiado anteriormente, a família não tinha vínculos com o general aposentado Suleiman al Obeidi, antigo chefe do Conselho Militar de Transição líbio, governo de fato no país desde a revolução que derrubou Kaddafi até a formação de Congresso Nacional Geral, em agosto de 2012.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos